terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Gordinho gostoso

Além do caos

Tudo o que ingerimos diariamente é o que formata aquilo que somos. Não me refiro apenas ao alimento físico, mas principalmente o que pensamos vinte e quatro horas por dia, incluso o sono e sonhos. Assim, uma dieta mais ancorada no silêncio, onde se ouve a natureza e o universo são aconselháveis. Desta forma, contrapondo-se as falácias da mente poderemos nós sintonizar além deste caos que é a sociedade contemporânea.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Mistério no Alasca

Livro impressionante sobre investigação paranormal referente a mistérios sobre pessoas desaparecidas.   

 

 

                     Introdução



Neste mundo onde pouco sabemos sobre nós mesmos e o universo que o contem, em muitos casos de desaparecimentos de pessoas, o mistério que os rodeia é muito mais desconcertante que a própria realidade comum do nosso dia a dia.
A morte de um ente querido é algo muito dolorido, mas por ser algo irreversível, cabe apenas aceitação. Quando uma pessoa desaparece fica a interrogação do que teria acontecido com ela e a busca pela mesma se inicia.
Imaginem agora a grande interrogação que fica, quando um grande número de pessoas desaparecem juntas do mesmo lugar. Centenas de milhares delas desaparecem todos os dias no mundo. Ao longo da história muitas desapareceram sem deixar vestígios, criando mistérios que duram anos, séculos, milênios.
Cerca de sessenta por cento destas nunca são encontradas. Trinta por cento delas não deixam nenhum vestígio.
A história mundial é repleta de desaparecimentos inexplicáveis, não há uma região da terra onde eles não foram registrados.
Contudo, quando isso acontece a um grupo de pessoas, não deixar vestígios é algo tão inusitado, que de fato merece atenção e profunda investigação. 
O livro conta a História de Verônica, uma linda ruiva de pouco mais de vinte anos, que resolve viajar para Pequim com amigas.
Elas embarcam em um avião, sendo que o mesmo nunca chegou ao seu destino. As buscas que foram feitas ao longo dos dias, pelas autoridades, não encontraram qualquer vestígio do mesmo e após trinta dias são encerradas oficialmente.
O voo levava 230 pessoas entre passageiros e tripulantes.
Tidos como desaparecidos em situação desconhecida, seus familiares têm que se deparar com a dura realidade, aceitar a morte de seus entes queridos.
Contudo, o avô de Verônica, um policial aposentado, determinado a encontrar a verdade dos fatos, isola-se no Alasca, deixando de lado sua família e montando lá um verdadeiro centro de pesquisas e investigações.
Suas pesquisas revelam algo surpreendente, que abalará a vida de muitos e mudará os rumos da História da humanidade.
O livro Mistério No Alasca vai muito além de contar uma história. Partindo do desaparecimento de Verônica e do avião onde ela se encontrava, o autor vai fundo em suas pesquisas e investigações.
Convencido está, de que a ligação entre os vários eventos similares ao longo da história de nossa sociedade, apontam para a ocorrência de algo muito maior.
A história em si, é apenas a ponta de um Iceberg. O livro faz menção ao que o autor considera o maior Gênio que este mundo já conheceu, muito à frente de sua época, Nicola Tesla. [1]
Este antes da segunda guerra mundial fazia experimentos secretos e mais tarde aliando-se a Albert Einstein, criaram o experimento Filadélfia.
O autor teoriza, que anomalias magnéticas criam passagens para mundos paralelos, que sempre ocorreram em nosso mundo sem controle.
Nicola Tesla e Albert Einstein, teriam encontrado uma forma de produzir tais anomalias, sob controle, com uso barganhado de tecnologias não originadas da terra. [2]
Tal controle possibilitou enviar objetos e pessoas tanto ao passado quanto ao futuro, muito semelhante ao que é narrado no livro Operação Cavalo de Tróia, com uma diferença de envio de pessoas a outros planetas.
Contudo, considerar ter o controle destas anomalias é um grande erro.
O autor expõe no livro parte de suas pesquisas, que fundamentam sua teoria.
Todo o livro gira em torno do desaparecimento de pessoas e objetos, investigações e pesquisas, dentro de uma história, apontando eventos misteriosos que sempre ocorreram no planeta terra.

O livro também teoriza que pela interligação profunda dos eventos, ao se solucionar o caso do desaparecimento de Verônica, todos os outros desaparecimentos misteriosos ao longo da história humana na terra, por reação em cadeia seriam esclarecidos.
O grande desafio em todos estes desaparecimentos misteriosos, está em se regressar destes mundos insólitos para a realidade terra e é isso, que o autor se propõe à solucionar com sua história.
Enquanto escrevia este livro o autor faz uma descoberta fantástica.
O que coloca os Governos do mundo na posição de conhecerem a verdade, mas sob interesses obscuros propagarem uma farsa ancestral. Assim...
Pouco antes da segunda grande Guerra, os governos mais representantes de nosso mundo, receberam visitas de emissários extraterrestres. O propósito deles era conseguir ajuda no sentido de ridicularizar tudo que viesse a esclarecer a verdade sobre a existência deles na terra. Ofereceram em troca tecnologias para serem usadas secretamente.
Disseram aos governos, que eles poderiam explorar de forma intensiva todos os recursos da terra e se caso ela entrasse em colapso, desceriam aqui com suas naves e os levariam para outros mundos.
Mantendo assim a grande massa populacional profundamente aprisionada em uma mentalidade retrógrada, que a escraviza.
Como prova de que cumpririam este acordo, a colonização de marte, com escravos oriundos das abduções na terra, e com intensa participação dos governos, teve início.
Para isso os aliados destes seres sombrios, (os governos da terra) criam um verdadeiro exército para administrar a subserviência das massas populacionais e a colonização.
Os recrutados deste exército vieram de todos setores da sociedade, sob pena de morte, tudo que fazem é secreto.
Paralelamente, de forma oculta e sem o conhecimento dos governos da terra, um plano de escravização da alma humana, tem início na segunda grande guerra, tendo Adolf Hitler como instrumento. Desta forma, caso Hitler tivesse vencido, a terra teria mergulhado em trevas profundas, se não fosse a participação ativa de seres iluminados. Tudo está muito bem explicado no livro A luz que brilhou no abismo escuro.
Assim todos os setores de nossa sociedade atual estão comprometidos com a escravização humana.
Enquanto as pessoas morrem por bandeiras que lhe são dadas para manterem o gado sob controle, a raça humana fica cada vez mais bestializada.
A serviço da bestialização, porque ninguém quer escravo iluminado, está tudo que os governos tocam. Emprego, saúde, religião, esporte, alimentação, agua, lazer, tudo, tudo.
O serviço de maior apoio a perpetuação da mentira é a imprensa e os meios de comunicação. Nada do que dizem deve ser levado em consideração. Escondem do humano a verdade.
Durante grandes eventos que fazem grandes massas populacionais focarem em um determinado assunto, ocorre o maior percentual de desaparecimentos. E raras são as pessoas neste mundo comprometidas com a verdade e libertação da raça.
Estes seres extraterrestres desde sempre estiveram por aqui, inúmeras provas estão espalhadas pela terra, mas o serviço de contra informação é muito bem estruturado e preparado para lançar dúvida sobre a verdade.
Assim são criados os homens de preto, uma espécie de serviço secreto interplanetário, que simplesmente extermina quem se coloque contra a escravidão humana.
Muitos perderam as suas vidas, foram sequestrados ou mesmo enlouqueceram, pelo simples fato de tentarem contra o sistema em prol da verdade.
Acusar os políticos de serem corruptos, gananciosos, é muito pouco diante o verdadeiro crime deles, vender a raça humana e o planeta.
Ninguém que não colabore com o sistema chega a cúpula governamental, administrada pelo poder oculto da terra, o Olho Que Tudo Vê.
Diante daquilo que a humanidade de fato enfrenta entende-se o Mestre ao dizer: Quem quiser salvar a sua vida, já a terá perdido.


[1]   Muito à frente de sua época é apontado como o verdadeiro responsável pela energia elétrica que chega às nossas casas. Teria se aliado a vários outros cientistas a serviço dos Estados Unidos em projetos altamente secretos.
               Projetos envolvendo o magnetismo como gatilho de invisibilidade e outros mais fantásticos.

sábado, 14 de janeiro de 2017

Pedido de perdão

Fica de público o meu pedido de perdão a todos que de alguma forma eu tenha magoado ou impingindo sofrimento, seja inconsciente, por motivo alheio a minha vontade ou força maior.

Sobre o erro

Sobre o erro
Erro até mesmo quando estou em vigília para não errar. Esforço-me para o bem, faço trabalhos sociais, contudo, o mal é inevitável. Inúmeras situações fogem o meu controle. Impinjo a dor e o sofrimento sem querer, mesmo os estando aliviando em muitos outros seres. Escapa-me entre os dedos o mal que não quero fazer. Em certa ocasião, havia recebido do CEASA muitas caixas de tomates, então fomos a uma comunidade cadastrada distribuí-los gratuitamente. Em meio à distribuição alguém me atira um tomate, que acerta em cheio o meu rosto. Segundo o agressor aquele tomate estava podre, em meio a tantos outros bons que o mesmo recebera. Mesmo quando julgamos estar fazendo o bem somos confrontados com o mal que não buscamos. Assim, resta-me a esperança de no dia de meu juízo final, a minha balança entre o bem e o mal praticado estar pelo menos em equilíbrio.
Paz, luz, amor, saúde, alegria e prosperidade.

Deus, Jesus cristo, guerra no céu e Diabo

Sim, uma confusão infernal até para explicar. Vamos lá pela vertente criacionista da forma mais simples possível. Dentro da sociedade có...