segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Revolta com a vida

Quando se revolta com a vida, apenas duas coisas acontecem, andas para trás desfazendo tudo que com sacrifício construístes e aquilo que lhe serviria de ascensão, a arrasta a um maior sofrimento.
Se há revolta, o sofrimento recrudesce, pois o que a vida exige de nós nos momentos difíceis é uma aceitação que nos leve à superação daquilo que nos oprime. De um modo geral, o foco em coisas transcendentes leva nosso ser a ter uma visão interna acima da situação, ou seja, passamos a enxergar o que não víamos e isso muda tudo; assim temos paz e conseguimos feitos inexplicáveis mesmo com nossas limitações. Elas não nos incomodam mais e isso faz uma diferença inimaginável. Este é um foco sobre questões de âmbito individual. Não vivemos isolados como uma ilha, assim a solidariedade é um elo importante. No contexto planetário, onde se vê a humanidade como um todo, sabe-se que enquanto houver matança, este sangue derramado clamará por justiça divina e o sofrimento não desaparecerá da terra. Essa matança inclui o sangue de animais. Assim o uso comercial da carne destes por ganância e lucro, apenas prorroga indefinidamente o sofrimento humano. O auto conhecimento é tudo, enquanto ingere carne, o sangue da mesma dentro de ti, clama por justiça sobre sua cabeça. Apenas um terço da carne é de fato consumida, o restante vai para o lixo, veja quanto sangue derramado em vão.
Vês como está longe de se banir o sofrimento da terra e o ser humano crescer por outras vias?
Este é apenas um foco nesta questão de como é inútil se revoltar com a vida, posso dar tantos quanto forem necessários. Paz, clareza e luz

O todo poderoso Google não responde a reclamações

Roubaram minha imagem na internet do google meu negócio. Assim, quando uma pessoa faz pesquisa no google com algum problema hidráulico,...