quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Mistério no Alasca




O livro conta a História de Verônica, uma linda ruiva de pouco mais de vinte anos, que resolve viajar para Pequim com amigas.
Elas embarcam em um avião, sendo que o mesmo nunca chegou ao seu destino. As buscas que foram feitas ao longo dos dias, pelas autoridades, não encontraram qualquer vestígio do mesmo e após trinta dias são encerradas oficialmente.
O voo levava 230 pessoas entre passageiros e tripulantes.
Tidos como desaparecidos em situação desconhecida, seus familiares têm que se deparar com a dura realidade, de aceitar a morte de seus entes queridos.
Contudo, o avô de Verônica, um policial aposentado, determinado a encontrar a verdade dos fatos, isola-se no Alasca, deixando de lado sua família e montando lá um verdadeiro centro de pesquisas e investigações.
Suas pesquisas revelam algo surpreendente, que abalará a vida de muitos e mudará os rumos da História da humanidade.
O livro Mistério No Alasca vai muito além de contar uma história. Partindo do desaparecimento de Verônica e do avião onde se encontrava, o autor vai fundo em suas pesquisas e investigações.
Convencido está, de que a ligação entre os vários eventos similares ao longo da história de nossa sociedade, apontam para a ocorrência de algo muito maior.
A história em si, é apenas a ponta de um Iceberg. O livro faz menção ao que o autor considera o maior Gênio que este mundo já conheceu, muito à frente de sua época, Nicola Tesla. [1]
Este antes da segunda guerra mundial fazia experimentos secretos e mais tarde aliando-se a Albert Einstein, criaram o experimento Filadélfia.
O autor teoriza, que anomalias magnéticas criam passagens para mundos paralelos, que sempre ocorreram em nosso mundo sem controle.
Nicola Tesla e Albert Einstein, teriam encontrado uma forma de produzir tais anomalias, sob controle. [2]
Tal controle possibilitou enviar objetos e pessoas tanto ao passado quanto ao futuro, muito semelhante ao que é narrado no livro Operação Cavalo de Tróia.
Contudo, considerar ter o controle destas anomalias é um grande erro.
O autor expõe no livro parte de suas pesquisas, que fundamentam sua teoria.
Todo o livro gira em torno do desaparecimento de pessoas e objetos, investigações e pesquisas, dentro de uma história, apontando eventos misteriosos que sempre ocorreram no planeta terra.

O livro também teoriza que pela interligação profunda dos eventos, ao se solucionar o caso do desaparecimento de Verônica, todos os outros desaparecimentos misteriosos, por reação em cadeia seriam esclarecidos.
O grande desafio em todos estes desaparecimentos misteriosos, está em se regressar destes mundos insólitos para a realidade terra e é isso, que o autor se propõe à solucionar com sua história.
Enquanto escrevia este livro o autor faz uma descoberta fantástica.
O que coloca os Governos do mundo na posição de conhecerem a verdade, mas sob interesses obscuros propagarem uma farsa ancestral.
Mantendo assim a grande massa populacional profundamente aprisionada em uma mentalidade retrógrada, que a escraviza.


[1]   Muito à frente de sua época é apontado como o verdadeiro responsável pela energia elétrica que chega às nossas casas. Teria se aliado a vários outros cientistas a serviço dos Estados Unidos em projetos altamente secretos.
               Projetos envolvendo o magnetismo como gatilho de invisibilidade e outros mais fantásticos.

MISTÉRIO NO ALASCA

Deus, Jesus cristo, guerra no céu e Diabo

Sim, uma confusão infernal até para explicar. Vamos lá pela vertente criacionista da forma mais simples possível. Dentro da sociedade có...