terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Um verso do universo

Um verso do universo


Não se fala para produzir um mal
Nada nesta existência é real
Apenas um eco
De um verso
Do universo

Não se fala para produzir um mal
Nada nesta existência é real
Apenas um eco
De um verso
Do universo


Leia mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=286271 © Luso-Poemas

Fora coisa inútil

Jogando fora os cacos A terra fértil   Para minha alma   Sonhei que caminhava com um grupo, quando percebi que alguma coisa e...