sexta-feira, 4 de outubro de 2013

A gata da minha vizinha

 A gata da minha vizinha
A gata da minha vizinha, não sei por qual motivo resolveu eleger o meu canteiro de rabanetes para depositar o seus dejetos sólidos e líquidos, semelhante a certo indivíduo que resolveu fazer o mesmo com meus textos.
Do ponto de vista da gata, cá entre nós é até compreensível, pois se trata de um animal dito irracional, mas o mesmo não pode ser dito do animal racional. Creio que mereço, deve ser "Carma", como dizem os espíritas.

Fora coisa inútil

Jogando fora os cacos A terra fértil   Para minha alma   Sonhei que caminhava com um grupo, quando percebi que alguma coisa e...