quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Verdade ou mentira

“Boi é boi, vaca é vaca”

 

Sinceramente que não sei se isto é fé ou inocência, para não falar outra coisa, pois no cosmos a coisas muito piores que a da foto.

  É sabido o quanto o aparato biológico assimila do meio em que vive

“Boi é boi, vaca é vaca”
“Homem é homem”
“Mulher é mulher”
Até que o dito acima poderia ser verdadeiro, mas sabemos que não é bem assim e há vários enfoques que podem ser dados, porém me lembrei de um especificamente.
Muitas tribos de canibais acreditavam incorporar neles a força e a coragem de quem eles comiam é claro que esta história tem seus reveses, pois a sabedoria popular alerta: Quem vê cara não vê coração.
Então “vamos lá”: Quando um humano ingere a carne de um animal, ele lhe incorpora “tudo”. Quando um ser que já não é tão humano assim por ter comido um “porco”, come um boi, ou bebe o leite da vaca, cabra, a coisa vai piorando. Isso sem falar o tanto de “porcaria que as aberrações humanas colocam na boca”. O enfoque de que o leite materno é o melhor alimento para o ser em formação é verdadeiro a depender de que tipo de mãe se está falando.
E isso, quando o “boi era boi, a vaca era vaca, homem era homem e mulher era mulher”, o que se espera ou mesmo onde reside esperança é no fato da chama de vida no ser manter-se incorruptível independente do meio, pois é sabido o quanto o aparato biológico assimila do meio em que vive.

Deus, Jesus cristo, guerra no céu e Diabo

Sim, uma confusão infernal até para explicar. Vamos lá pela vertente criacionista da forma mais simples possível. Dentro da sociedade có...