domingo, 23 de junho de 2013

Valor de massa ascendente


  Não existe negociação com a morte, quando ela chega

Em função de uma vida real




Quem é que na terra sabe fazer o cálculo do valor que tem para a vida, para o universo, uma grama que seja de "massa", de corpo material que se ascende, que se ilumina? Alguém sabe o valor disso num universo, numa realidade cósmica onde 99% são escuridão? Alguém neste mundo sabe calcular o valor que se tem, uma única ação pensando na luz e na iluminação da vida? Ninguém nem pensa sobre isso, nossa percepção, nossas ações, são todas baseadas em "coisas imediatistas", diante da nossa limitada percepção de nós mesmos e do universo que nos cerca.
Fiz uma conjuntura de movimentos, toda ela baseada e ancorada exclusivamente naquilo que meu mundo interno ditava e deste movimento, muita coisa aconteceu, que nem mesmo quem viveu consegue explicar, já tentei absolutamente de tudo, para ajustar as consequências deste movimento, de acordo com que o mundo "exige".
Mas o meu maior erro foi até ontem, ter tentado ajustar as coisas de acordo com as exigências do mundo, me perdi no momento em que as exigências do mundo e das pessoas a minha volta, tiveram um peso maior, que o que via e sentia internamente, se existia ou existe um potencial a ser alcançado, este não será enquanto, aquele que o "mundo culpa", escutar o mundo".
Todo o movimento foi feito baseado no mundo interno de um ser, que com determinação e coragem partiu para ação, mas foram tantas surpresas pelo caminho, tantos obstáculos, tantos desafios, não se negocia com o mundo, a luz prossegue o seu caminho, enquanto nos perdemos em negociações.
São questões humanas, da mesma forma que não existe negociação com a morte, quando ela chega, não existe negociação da personalidade, com a parte mais lúcida em nós, que ruma em direção as suas realizações em função de uma vida real, cósmica e abrangente, construtora de mundos distantes.
Em meio ao caos aparente, parte desta humanidade irradia luz a mundos distantes, sei exatamente o que sentia, o que buscava, no momento mais luminoso e radiante da minha vida, algo impossível "aconteceu", e não cabe o remendo que se quer fazer, porque simplesmente não cabe remendo.
A verdade é que um ser veio ao mundo, porque um outro ser estava com todos os seus sentidos focados em uma direção e como um furacão caminhou rumo ao objetivo, claro que cego, sim, pois se olhasse em torno, se fosse pesar nas medidas humanas, não faria, quem é que faz, ninguém.
Só existe um movimento a fazer que de fato possamos fazer para ajustar as coisas de forma correta, e qual é a forma correta?
Não é o que nós queremos, não é o que teimamos, é o que a vida real quer.
Acordei esta manhã, com a vida me perguntando, se eu sabia calcular o valor de uma massa ascendente, claro que não sei, o contexto deste mundo não ensina isso.
O que percebo hoje, muita coisa nos achamos que sabemos e compreendemos, mas de fato, somos sempre aprendizes, o que podemos fazer para acrescentar uma grama de valor ascendente a todo este contexto de hoje, na nossa vida?
Um fruto espiritual não tem sabor para bocas terrenas.

Leia também o resgate de uma vida esquecida
 http://www.sendoluzmaior.com/2013/06/o-resgate-de-uma-vida.html

O todo poderoso Google não responde a reclamações

Roubaram minha imagem na internet do google meu negócio. Assim, quando uma pessoa faz pesquisa no google com algum problema hidráulico,...