domingo, 9 de junho de 2013

Castradores da verdade castradores do conhecimento

Castradores da evolução humana

Os novos inquisidores da "era medieval moderna"

  Ao poeta italiano Francesco Petrarca (1304-1374) é atribuída a expressão "tenebrae", posteriormente transformada em “Idade das Trevas”, não quero aqui relembrar os horrores do passado, mas demonstrar, que as "trevas ainda continuam " a castrar a evolução humana, de uma forma "mascarada" e diferenciada, rotulada por seus súcubos de "modernidade", que para melhor situa-los os chamaremos por, "

Os novos inquisidores da "era medieval moderna".

A Inquisição foi um tribunal da igreja Cristã instituído no século XIII para perseguir, julgar e punir os acusados de heresia, que além de exercer controle social , garantia aquisição de riquezas financeiras à Igreja. Ela foi instaurada pelo Papa Gregório IX.
Eram considerados hereges todos os cristãos que questionassem os dogmas oficiais da Igreja.
No início, os hereges eram punidos apenas com a excomunhão. Quando no século IV o Cristianismo tornou-se a religião oficial do Império Romano, os heréticos passam a ser perseguidos como inimigos do estado.
Em seguida também passaram a ser perseguidos alguns pensadores, filósofos, cientistas, revolucionários, loucos, parteiras, curandeiras e seguidores de outras religiões. Dentre eles, as mulheres foram suas maiores vítimas, geralmente acusadas de bruxaria e pactos com o “Demônio”, pois a Igreja acreditava que a mulher era mais facilmente corruptível devido a ser “imperfeita”, e ter cometido o “pecado original”.
Dois anos após a Inquisição ter sido instituída, a responsabilidade dos julgamentos passa dos bispos aos inquisidores, sob a direta jurisdição do Papa. Várias formas de punição foram estabelecidas, as mais temidas eram, fogueira, forca e tortura.
O hoje, 09/06/2013 não me parece muito diferente no cenário mundial, a igreja é claro perdeu sua força, porém foi substituída por um sistema capitalista, nutrido por uma poderosa máquina de guerra, cujos crimes contra a humanidade, são maiores do que os perpetrados pela Inquisição, o link abaixo especifica alguns destes crimes. 
Agrego a esta lista de crimes, tudo que foi feito contra a humanidade no sentido de castrar o conhecimento Cósmico e espiritual, através da sua política de medo, de ridicularização e "lavagem cerebral", que foi muito bem executada, colocando uma cifra elevada de membros desta "humanidade", num nível de "bestialidade Intelectual" tão absurdo, que a simples menção de algumas palavras, são códigos que os mantém em estado de letargia mental, principalmente os líderes e aqueles que tem acesso aos meios de comunicação, como Governantes, Políticos, Imprensa, escritores, poetas, doutos e "tal".
Os mais facilmente manipulados por este "sistema vigente", são os "estudados", os detentores do conhecimento, os "cultos", que em sua soberba e arrogância consideram tudo saber.
Os novos inquisidores da "era medieval moderna", não se dão a conhecer, trabalham no anonimato, são insuspeitáveis.
Muitos acreditam que a internet surgiu para que conhecendo os pensadores, se tenha "controle" sobre o que "eles" divulgam. 

Leia também o resgate de uma vida esquecida
 http://www.sendoluzmaior.com/2013/06/o-resgate-de-uma-vida.html

 
http://www.sendoluzmaior.com/2013/05/a-onu-organizacao-das-nacoes-unidas.html

Lúcifer, o projetista

Niom se manifestava através de um universo infinito, com bilhões de dimensões imateriais, onde o elemento de criação era o mais sutil de...