domingo, 3 de fevereiro de 2013

Filha muito amada

 Naquela altura já te amava independente de tudo

Ainda na barriga da mamãe



Filha me lembro de quando ainda na barriga de sua mãe
Eu ficava a imaginar como serias, a cor dos olhos, cabelos
Naquela altura já te amava independente de tudo
Sabia que estavas chegando e ia tomar posse deste coração
O amor em mim vivia um crescer
O amor em mim vivia o amadurecimento necessário ao fruto
O amor em mim iluminava "meus locais trevosos"
O amor em mim "curava" minhas feridas
O amor em mim estabelecia novos padrões de vida
O amor em mim ampliava os horizontes desta alma
O amor em mim alicerçava o "novo" que o espírito buscava
O amor em mim era o "alfa e o ômega"
Havia buscado conscientemente "aprender" a amar
Minha meta de vida era o aprendizado na escola do "amor"
Ai você chega, fruto desta busca de aprendizado na "área do amor"
Um amor "buscado" em sua mais pura e alta esfera
Um amor para romper barreiras temporais
Um amor para vencer limites sociais
Um amor para vencer, curar, restaurar
Um amor para vencer o ódio entre inimigos
Um amor assim "tipo utópico"
Um amor assim "libertador"
Filha você amplia meus horizontes na certeza, que na busca pela essência evolutiva do amor, fomos libertados, eu, você, sua mãe, e outros, de elos de correntes, que somente a "essência evolutiva do amor" pode romper.
Sois um fruto libertador, um fruto de Luz, a iluminar a vida de muitos, mas principalmente da sua mãe e da minha.
Amo amar você.

Lúcifer, o projetista

Niom se manifestava através de um universo infinito, com bilhões de dimensões imateriais, onde o elemento de criação era o mais sutil de...