segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Tudo tem um fim

Geralmente meus sonhos são reveladores e são uma rota que sigo, pois resolvi dar crédito total, amplo e irrestrito ao meu interno,  o desta noite mexeu muitíssimo comigo, nem de longe consigo penetrar o seu significado, porém faço algumas reflexões.
No sonho estava na companhia de um "pai", que tinha vários filhos e filhas, ele  me pediu que os "olhasse" por um tempo, pois ele tinha assuntos urgentes a tratar, e em seguida sem que eu tivesse a oportunidade de decidir, desapareceu.
Estava num lugar totalmente desconhecido para mim, parecia ser um parque ecológico, destes com grama no chão, bancos e poucas árvores,  de repente as crianças, que eram cinco no total, começaram a correr, cada uma em uma direção, e de nada resolveu os meus gritos, elas sumiram, só tive como segurar uma, estava ainda sem saber o que fazer, quando, o 'pai', voltou.
Só que desta vez ele não si apresentava como ser humano, ele era, uma luz viva, e através dele e dentro dele, podia si ver, todas as luzes, todas as estrelas e tudo que era luminoso e quando ele si movia, tudo si movia com ele, pois ele era "tudo'', tudo era ele, todas as galáxias, toda a vida, nele estava contido, todas as divisões que minha mente fazia tinha um único resultado, ele.
Com isso minha alma  acalmou, pois compreendeu que todos os filhos e filhas, correram  para o mesmo lugar, ele.

O todo poderoso Google não responde a reclamações

Roubaram minha imagem na internet do google meu negócio. Assim, quando uma pessoa faz pesquisa no google com algum problema hidráulico,...