terça-feira, 20 de novembro de 2012

Planos de existência

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Planos de existência

Ontem fatos me levaram a refletir sobre minhas limitações e dentro desta conjuntura de pensamentos adormeci.
Ao acordar logo imaginei que havia morrido, pois estava lúcido, consciente de mim, com todas as minhas lembranças e em um mundo completamente diferente deste.
Antes que minha mente começasse a investigar aquele mundo, uma água começou a jorrar vinda do céu diante de mim, não sou de perder oportunidades, então apresei-me a tomar vários goles dela.
A mesmo era viva com luz própria e provinha de algo construído no céu, que minha mente não conseguia definir, por não encontrar parâmetros para tal.
Quando comecei a pensar em uma forma de chegar até a fonte no céu, me apercebi voando em sua direção.
Eu estava fascinado pela exuberância de tudo que via, percebia e sentia, porém quando adentrei a fonte, na verdade penetrei em meu corpo de carne, aqui na terra e me senti bastante decepcionado, por permanecer, aqui dentro da limitação.
Não é a primeira vez que experimento outra realidade de vida, porém desta vez, pude perceber, como a alma se sente ao lidar com a limitação, uma vez, que a mesma se encontra aprisionada neste mundo de expiação.
Os críticos mais ferrenhos dizem que tomo muita briza na cara, porém, para mim, viajar para estes mundos, ou estas realidades, ou como queram chamar é algo corriqueiro, muito conhecido.
Abraço luminoso
sendoluzmaior

O todo poderoso Google não responde a reclamações

Roubaram minha imagem na internet do google meu negócio. Assim, quando uma pessoa faz pesquisa no google com algum problema hidráulico,...