terça-feira, 7 de agosto de 2012

Consciência e o momento presente

 Tudo é possível

 A experiência biológica da alma humana


A percepção do ambiente a nossa volta inclusive a visão é uma função biológica, aquilo que em nós é o sus tentáculo desta experiência é que se situa no infinito, para esta chama não existe o tempo, passado, presente ou futuro, para a consciência chama  o que existe é algo parecido ao que chamamos de foco.
Para escrever sobre a realidade de nós o mais adequado é inventar palavras novas, pois o novo é constante, quando saímos da inconsciência que é biológica e focamos na consciência chama que é outra coisa, nossa biologia tem vislumbres de nós mesmos.
É inconsciência correr a afirmar que esta biologia situa-se naquilo que aprendemos a chamar de momento presente, pelo simples fato de percebermos assim, percepção é biológico e é menos que 1%.
Tudo que percebemos e vemos é bem menos que imaginamos.
A experiência biológica tem sua importância pelo simples fato de aquilo que nos sustem ter focado nela, mas isso não é o que somos.
Até para escrever meus neurônios tem que fazer as devidas conexões neurais, vivemos a biologia que é INCONSCIÊNCIA, O OPOSTO DO QUE EM REALIDADE SOMOS.
A inconsciência chama de prepotência quando assumimos o que somos, pois ela a inconsciência não reconhece a Consciência chama.
Deixo uma pergunta de reflexão ao meu amigo leitor, o que você sente e percebe é real e verdadeiro, só porque achamos assim?
Cada um dê a sua resposta, a minha é:
Caso não houvesse tido interferência neste universo, num universo de livre -arbítrio Imaculado, absolutamente tudo é possível.

Paz, luz, união.

O todo poderoso Google não responde a reclamações

Roubaram minha imagem na internet do google meu negócio. Assim, quando uma pessoa faz pesquisa no google com algum problema hidráulico,...