terça-feira, 21 de junho de 2011

Vida interna

O passado, não importa, nada posso realizar nele, o aqui e o agora é onde posso tudo, como elo desta humanidade e diante questões internas que percebo, sinto que devo expor, falar e trabalhar isso com o máximo de seres possíveis.
A vida ama e respeita quem ama a vida.
Porem amar e respeitar a vida , nada tem a ver com a alegria fruto de ilusão, ou achar bonito aquilo que em verdade nem mesmo se sabe o que os olhos realmente mostram, amar a vida nada tem haver com beleza ou instinto, é insanidade fazer julgamentos e críticas em cima do que não se conhece mesmo, diante uma capacidade de compreensão que em muitos casos não chega a 3%.
Com o advento da luz em nós, começamos do ponto de vista deste que vos fala, a perceber que embora todas as linhas de pensamento apontem que é impossível libertar o espírito humano, que tem o foco mesclado com o domínio e o poder, é uma atitude perante a vida Realizar o impossível , invés de se render a realidade cósmica.
A mudança não é em mim, o ser humano em ou melhor o Espírito humano, por ele mesmo não tem como se libertar, no cosmo não ha espaço para esta libertação, a realidade cósmica não é libertadora é o contrário do que se prega, para que não forcemos a rede, que sempre se recompõe diante furos que possam fazer, a rede te engana, você acha que existe uma passagem, mas ela se fecha pela simples aproximação.
Enquanto o ser vive enganado achando que ele tem que mudar, aperfeiçoar o caráter, ser bom, amar, e uma série de mentiras a rede continua firme, e a prisão se fortalece.
Todos são prisioneiros de uma realidade que abrange todo o cosmos, toda a vida em todos os seus aspectos, por mais longe que se vá és sempre escravo do mais forte, a vida lá no seu mais profundo veio central, puro, incorruptível, trás a consciência humana um alento, que através do ser humano na terra, toda uma conjuntura inimaginável poderá mudar.
E será vivendo o oposto do que a realidade cósmica é.
O exemplo sobre o que estou falando são os mais diversos tipos de rebanhos espalhados pelo mundo, é tão real que jesus se intitulava o Bom Pastor, mas não entraremos neste mérito.
Mesmo que um criador resolvesse libertar seu rebanho e mesmo que este rebanho estivesse pronto pra isso, O MUNDO NÃO ESTARIA, mal eles conseguiriam ultrapassar a cerca, para serem aprisionados por outros ou irem direto pra panela, esta é a mais pura realidade que acontece ao ser humano.
Da mesma forma que o boi é criado para o frigorífico, para a morte, e as pessoas deste mundo não estão prontas para respeitá-los e velos de outra forma, a REALIDADE cósmica não se encontra pronta para libertar o espírito humano, nem um excelente pastor como possa ser Jesus, poderia dar tal liberdade, pois mal passaríamos a rede e já seríamos prisioneiros de outrem, ou pior.
A realidade é tão cruel, que travas foram colocadas em nós para que jamais evoluíssemos ao ponto de respeitar a vida, quem é que quer um boi falando, oi não me mate, quero viver, me deixa ser livre, não judia de mim.
Como Gand afirmava tudo que fazemos é insignificante, pois tudo que um Boi faz é insignificante pra nós.
Talvez a vida que possa estar acima de todas realidades esteja nos dissendo, que o dia que a humanidade realmente se importar com a vida, ai quem sabe, um boi possa passear livremente por este mundo e outros e nós também.

sidney santos das neves

O todo poderoso Google não responde a reclamações

Roubaram minha imagem na internet do google meu negócio. Assim, quando uma pessoa faz pesquisa no google com algum problema hidráulico,...